O novo caminho para o sucesso.

Treinamentos online e EAD se transformam em poderosas ferramentas das franquias

As redes de franquias vem sendo um dos formatos de negócios que mais se destacam no Brasil, por conta de seu baixo mortalidade quando comparado aos negócios de CNPJs Independentes.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising o desempenho do franchising é de 5,9% no 2º trimestre de 2019 e teve um crescimento nominal de 5,1% em relação ao mesmo período de 2018.

Isso porque muitos empreendedores optam por esse tipo de investimento para terem o controle de uma loja de marcas já consolidadas, testadas, com sucesso comprovado e que oferecem padronização de operações através dos produtos e serviços.

Quando é investido em uma franquia, o empresário adquire o apoio de uma equipe altamente qualificada por parte da franqueadora, que vai fazer da sua jornada uma experiência orientada para o sucesso.

Isso porque a franqueadora sabe que é necessário manter o mesmo padrão de serviços e produtos em todas as lojas da marca.

Se o padrão de qualidade deve ser mantido entre todos os franqueados, saber como escalar treinamentos se torna uma competência extremamente importante.

Dessa forma, se você deseja se tornar um novo franqueador, saber como oferecer bons programas de treinamentos pode ser o ponto de destaque para o seu negócio.

Como Fazer uso de treinamentos online na sua rede de franquias?

Como dito anteriormente: franquias exigem alta padronização e qualidade.

Por isso, é mais do que necessário investir em ações de treinamento eficazes, que aproveitem ao máximo o tempo e prendam a atenção das suas equipes.

É assim que se destacam os treinamentos online que são capazes de poupar tempo, padronizar, oferecer alto controle de relatórios e, ainda, poder ser feito em larga escala.

Uma franquia que possui lojas em vários estados do Brasil, por exemplo, pode produzir apenas um treinamento e distribuí-lo para a sua equipe em vários cantos do país.

As vantagens dos treinamentos para franquias via EAD

Para saber como escalar treinamentos é útil conhecer outras vantagens oferecidas pelo formato de cursos online. Dentre elas, podemos destacar:

Flexibilidade

Ao realizar treinamentos de forma tradicional (presencial), é preciso que todos os colaboradores estejam presentes na mesma hora e local.

Essa é uma ação que nem sempre é tão fácil de conciliar.

Investindo nos treinamentos online, cada profissional pode realizar o treinamento no horário e local mais conveniente - de acordo com o prazo estipulado pela empresa.

Padronização

Deve ser produzido um material com extrema qualidade e profissionalismo.

Após a criação, ele é revisado e, então, aprovado pela franqueadora.

Assim, o treinamento é apresentado da mesma maneira para todos os profissionais da equipe.

Isso faz com que não sejam possíveis interpretações errôneas e demais problemas que poderiam surgir no discurso dos instrutores.

Viabilidade

É mais fácil investir em uma boa plataforma EAD para saber como escalar treinamentos do que reunir em um auditório todos os colaboradores de várias cidade, estados e até mesmo países, dependendo da franquia.

A tecnologia é a maior das suas aliadas no momento de oferecer os treinamentos para as equipes e, sendo online, o custo com viabilidade é exponencialmente menor.

Rapidez

Não há a necessidade de preocupar-se com encontrar uma data na agenda que seja acessível para todos.

O treinamento pode ser disponibilizado no momento em que a empresa achar mais conveniente.

Isso permite que a marca comece as ações de capacitação o mais rápido possível.

Monitoramento

As boas plataformas EAD permitem que a empresa tenha um grande controle sobre o treinamento.

Assim, poderá analisar o progresso de cada colaborador e, por fim, aplicar avaliações de conclusão de treinamento.

Feedback

Outro ponto importante para saber como escalar treinamentos é deixar o canal de diálogo sempre aberto.

Assim, é importante contar também com ferramentas e plataformas que auxiliem nessa questão.

Também, cabe à empresa implementar a cultura do feedback e ouvir o que os colaboradores estão falando/sugerindo.

Por meio de chats, fóruns, e-mails entre outros, as equipes podem dizer quais são os pontos positivos do treinamento, se existe algo que está faltando, se a franqueadora deve produzir um material mais específico, entre outros.


Fonte: Administradores.com
Publicado em 22/11/2019