O novo caminho para o sucesso.

Remessas do exterior podem ser enviadas diretamente em reais

O Banco Central definiu que, a partir de 1º de novembro, os brasileiros poderão receber, em reais, remessas enviadas do exterior por parentes e amigos. Com a medida, o destinatário final poderá receber os recursos diretamente na conta corrente ou na poupança.

A mudança foi publicada por meio de uma circular do órgão, divulgada no dia 20 de setembro. Com isso, a conversão da moeda estrangeira para reais poderá ficar a cargo do remetente, que arcará com todos os custos cambiais.

No entanto, esta opção só é válida para operações de transferências em caráter pessoal de até R$ 10 mil.

Há mais um detalhe a observar: apesar da flexibilização do Banco Central, o serviço será facultativo. Com isso, cada instituição financeira deverá decidir se oferecerá a remessa em reais.

Além disso, segundo o BC, as instituições deverão aplicar a legislação internacional entre bancos correspondentes e cumprir as medidas de segurança para prevenir a lavagem de dinheiro e o financiamento ao terrorismo.

 

Com informações da Receita Federal
Publicado em 01/10/2018