O novo caminho para o sucesso.

Redes de franquias estão atraindo jovens para o mercado de trabalho

No Brasil, o setor de franquias segue em ritmo de crescimento e tem atraído cada vez mais candidatos em busca do primeiro emprego. De acordo com os dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising) foram gerados de mais de 123 mil empregos com carteira assinada no segundo semestre de 2019. E segundo a instituição, o segmento deve terminar o ano com aumento de 5% no número de trabalhadores, em relação a 2018.

Esse aumento de franquias reflete diretamente na geração de empregos formais, é uma oportunidade para o jovem, que passa por um amadurecimento profissional e adaptação a situações diversas. Ricardo Alves, consultor de carreia analisa que “o jovem tem vontade de trabalhar e a falta de experiência se torna uma vantagem para o empregador, que pode treiná-lo com o modelo do negócio”, afirma.

Os jovens que desejam conquistar uma vaga em uma rede de franquias precisam ter algumas habilidades essenciais, como proatividade e alta produtividade. “O atendimento em uma franquia de comida rápida, por exemplo, precisa de profissionais ágeis, com uma boa comunicação, espírito de equipe e capacidade para resolver problemas”, garante Ricardo Alves.

O consultor de carreira ainda destaca um dos fatores mais importantes para alcançar o sucesso nesta carreira: a identificação com a marca. “Antes de se candidatar à vaga, é preciso avaliar o ramo de atividade da empresa e seus produtos. A ausência de empatia torna difícil a inserção do funcionário à cultura organizacional da companhia”, orienta o especialista.

 

Fonte: Mapa das franquias
Publicado em 09/10/2019