O novo caminho para o sucesso.

O papel do Compliance na sua empresa

Para analisar o futuro do mercado de trabalho é impossível fugir da transformação digital como fator primordial. A necessidade de aderir a uma nova postura mais transparente, séria e harmônica, fez com que diversas organizações começassem a observar os benefícios do compliance como política de complacência com as normas legais.

Com a popularização das mídias sociais e o peso adquirido por essas redes em relação ao mercado consumidor, tornou-se imprescindível algum tipo de resposta das marcas a essa exposição crescente. Reputação é palavra-chave na missão de se estabelecer como uma empresa consolidada, mas isso só pode ser alcançado com uma política de pleno respeito às leis.

O pilar central do compliance

Partindo para a teoria e o significado do termo, compliance é a preocupação máxima de colocar uma empresa em sincronia com a legislação, em todos os sentidos. Obrigações trabalhistas, tributárias, regulatórias, intitulações éticas e profissionais, são apenas algumas das implicações que exigem das empresas muito cuidado.

É nesse contexto que a criação de normas, códigos internos e externos surge para contemplar essas obrigações. Resumidamente, o compliance é o firmamento de um compromisso inquebrável pelas empresas em cumprir o que foi estabelecido previamente, evitando imprevistos e consequências desfavoráveis.

Maior segurança e prevenção de riscos

Partindo do pretexto de que uma empresa orientada à cultura de compliance está em plena conformidade com a legislação, temos a liberdade de destacar uma das grandes vantagens dessa tendência empresarial: muito mais segurança e respaldo legal.

É importante ressaltar que a implementação de uma série de normas como garantia de segurança em todas as etapas, do processo de contratação à demissão, não só inibe contradições com as leis, como assegura um futuro organizacional saudável.

A normatização dessas medidas é democrática, afinal, todos passam a ganhar com os efeitos práticos do compliance. Colaboradores, executivos, funcionários, a estabilidade jurídica contempla profissionais sem distinção, reduzindo riscos e simplificando o cotidiano.

O valor dos colaboradores e a importância prática

Quem não deseja trabalhar em um local favorável ao desenvolvimento mútuo? Levando para a relação entre colaboradores e uma empresa, isso se torna indispensável. E sim, também é resultado direto do uso do compliance.

Com os colaboradores satisfeitos, a rotatividade será menor e o nível de custos será reduzido gradualmente. Além disso, a tendência é de que a produção interna seja cada vez maior e mais frutífera.


Fonte: Jornal Contábil
Publicado em 21/02/2020