O novo caminho para o sucesso.

Mulheres com filhos devem ter preferência para o teletrabalho na volta às atividades

Entre as determinações dos protocolos assinados nesta quinta-feira (04) entre a Prefeitura de São Paulo e os setores das concessionárias de veículos e escritórios de prestação de serviços para a retomada dos atendimentos presenciais está que as empresas se comprometeram a evitar a demissão das mulheres que possuem filhos, já que as escolas ainda não reabriram. Para isso, elas deverão ser as últimas a serem convocadas para o retorno ao trabalho e terão prioridade nas atividades que possam ser realizadas remotamente.

“Está previsto que as mães serão as últimas a serem chamadas para o trabalho presencial. O quanto elas puderem ficar em home office e teletrabalho será estimulado”, disse o prefeito Bruno Covas. “Quando isso não puder ser feito, as empresas podem providenciar creches ou até mesmo a utilização da legislação federal para que não haja demissão, mas suspensão do contrato de trabalho. Todas essas possibilidades estão previstas nesses acordos assinados hoje”, concluiu Covas.

 

Fonte: Prefeitura de São Paulo
Publicado em 05/06/2020