O novo caminho para o sucesso.

Início de ano: a importância do encerramento das demonstrações contábeis

O ano de 2019 está iniciando e, para todas as pessoas, físicas e jurídicas, o importante nessa época é rever o que ficou para trás, aprender com os acertos e erros, e focar nas metas a serem alcançadas no próximo período. Afinal de contas, são esses objetivos que alicerçam os próximos procedimentos para o alcance de resultados. 

Neste sentido, o diretor da JGA Assessoria Contábil, Jair Gomes de Araújo, explica que, para ter sucesso nas metas em 2019, é essencial acompanhar bem de perto as consequências das ações, a qual pode ser visualizada através do balanço patrimonial, a mais importante demonstração contábil que tem por finalidade definir e mensurar as metas, dinheiro e patrimônio de empresas, governos e entidades de terceiro setor.

 

Acompanhe a entrevista:

Na prática, o que é um fechamento das demonstrações contábeis de uma determinada empresa?

Trata-se de um conjunto de demonstrações, que deverão exprimir com clareza a situação do patrimônio da empresa/entidade e as mutações ocorridas no exercício, as Demonstrações Contábeis são; - balanço patrimonial; - demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados - demonstração do resultado do período; demonstração das mutações do patrimônio líquido; demonstração dos fluxos de caixa e notas explicativas e se companhia aberta, demonstração do valor adicionado. Estes demonstrativos comprovam, qualitativa e quantitativamente, a situação financeira e patrimonial da entidade. Essa obrigação, inclusive, está prevista no Código Civil Brasileiro, artigo 1.179 e seguintes e Lei nº 6.404/1976, a conhecida Lei das S/A, artigo 176 e seguintes.

O que deve estar previsto neste documento e até quando ele deve ser entregue?

A maioria das empresas costuma elaborar as demonstrações contábeis no fim do ano, entretanto o mais indicado é fazê-lo ao término de cada mês elegendo para este trabalho mensal o balanço patrimonial, a demonstração do resultado do período e a demonstração do fluxo de caixa. Neste conjunto de demonstrações, deve haver toda a movimentação financeira do estabelecimento, inclusive a bancária, contendo a movimentação de conta corrente, conta poupança, aplicações, pagamentos, empréstimos, numerários em trânsito etc. As demonstrações devem relacionar todas as contas da empresa, independentemente de serem de patrimônio ou de resultado, demonstrando claramente os débitos, créditos, que deverão exprimir com clareza a situação do patrimônio da companhia e as mutações ocorridas no período e/ou no exercício.

Por que é mais aconselhável fazer as demonstrações contábeis mensalmente?

A elaboração das demonstrações contábeis mensalmente permite avaliar a qualidade e tempestividade das informações e eventuais ajustes contábeis, além de efetuar as provisões para contingência, desta forma o profissional de contabilidade pode construir análises comparativas precisas e eficazes entre as demonstrações contábeis, essencial para tomadas de decisões em meio às mudanças ocorridas no mercado.

Em sua visão, qual é a principal dificuldade em produzir às demonstrações contábeis mensalmente e anualmente?

A elaboração das demonstrações contábeis quando elaboradas mensalmente atendendo as normas brasileiras de contabilidade, permite no final do ano-base uma grande facilidade e agilidade na elaboração das demonstrações contábeis do final do período.
O principal desafio é coletar todas as informações precisas em tempo hábil.
Cabe ao responsável técnico revisar todos os fatos ocorridos durante o ano-base, revisar os lançamentos contábeis, avaliar a situação do patrimônio e do ativo e do passivo da entidade.

Quais são os ganhos no fechamento do Balanço Patrimonial com celeridade?

Para ter sucesso nas metas em 2019, é essencial acompanhar bem de perto as consequências das ações, a qual pode ser visualizada através do Balanço Patrimonial, a mais importante demonstração contábil que tem por finalidade definir e mensurar as metas, dinheiro e patrimônio de empresas, governos e entidades de terceiro setor.
Além disso ele é um instrumento obrigatório para atender usuários externos como parceiros, fornecedores e órgãos públicos.