O novo caminho para o sucesso.

Francisneide Tancredi: “atualização profissional é conhecimento e a consequência é uma constante evolução no trabalho

“Hoje, o maior desafio dos Contadores é se manter atualizado no dia a dia e no que se refere às Ciências Contábeis, especificamente, a graduação não pode ser mais vista, pelo Profissional da Contabilidade, como o ponto final da sua formação acadêmica. Já é sabido que o segmento vai exigir mais e mais educação continuada dos que nele atuam, mesmo porque atualização profissional é conhecimento e a consequência é uma constante evolução dos aspectos pessoal e profissional”. Essa é a visão da diretora da JGA Treinamentos, Francisneide Tancredi, que acredita que o fato de prosseguir com a aprendizagem vai caracterizar uma atribuição cada vez mais determinante na área, já que as novidades legislativas são quase diárias. 

Segundo ela, o papel das universidades na preparação dos futuros bacharéis em Contabilidade é fundamental, mas, após esse período de quatro anos, não é mais uma opção continuar ou não estudando, fato que faz crescer a tendência de uma educação ininterrupta voltada para o desenvolvimento de competências e habilidades de cada um, em que a interação, o trabalho em equipe e o adiantamento pessoal e profissional assumam cada vez mãos importância. “O fato é que as mudanças constantes nas legislações tributárias, societárias, trabalhistas e previdenciárias, áreas em que o Contador atua rotineiramente, aliada a necessidade de aperfeiçoamento profissional constante, fizeram surgir uma nova cultura de aprendizagem. Esse cenário, somado ao advento das tecnologias e as incertezas da economia, mostram o quanto os cursos profissionalizantes são importantes para os Contadores, empresas e sociedade em geral”. 

Na visão de Tancredi, que é responsável pelos departamentos paralegal, comercial e contábil da JGA Assessoria [esses dois últimos juntamente com seus sócios], hoje é necessário que os Contadores, independente de atuarem como técnicos ou bacharéis, se esforcem e conquistem aprendizagem. Só assim eles terão predicados que o façam destaque frente à concorrência. Esta é uma das propostas da JGA Treinamentos, que, como ela explica, nasceu do fruto da vasta teoria e prática contábil acumulados em diversos anos de trabalho voltado à assessoria, consultoria e gerenciamento da Contabilidade. A empresa é especialista na promoção de cursos, seminários e palestras, bem como atendimento as empresas das áreas médica, nova economia e terceiro setor. “Um dos maiores entraves para as empresas, hoje, é achar mão de obra qualificada. Há grande lacuna de profissionais que, por algum motivo, não conseguem desenvolver suas funções plenamente. Nós, da JGA Treinamentos, acreditamos que a qualificação sólida, com base em estudos frequentes, torna a pessoa apta a enfrentar os obstáculos, em especial na Contabilidade propriamente dita, que necessita cada vez mais de pessoas qualificadas”.   

E, para colocar em prática o aperfeiçoamento profissional, a JGA Treinamentos conta com uma equipe multidisciplinar renomada, entre especialistas, mestres, doutores e profissionais de grande projeção em diversos segmentos de atuação, entre eles destaque para os seguintes nomes: os advogados Alexandre D’Aurea e Claudio Ramos; a psicóloga e psicopedagoga Ana Cristina Monteiro, certificada em Coach em Resiliência pela SOBRARE – Sociedade Brasileira de Resiliência; o contador Jair Gomes de Araujo, coautor do livro “Dicionário do Terceiro Setor” e agraciado com a Medalha “Joaquim Monteiro de Carvalho”, concedida pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo - CRCSP e a Medalha “Professor Luiz Fernando Mussolini”, outorgada pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP; a advogada Josefina Nascimento, especialista em Direito Tributário e Finanças; o administrador de empresas José Alberto Tozzi; o advogado João Vitor Cardoso, Especialista em Direito Processual Civil pelo Programa Interamericano de Capacitación Sobre la Reforma a la Justicia Civil pelo Centro de Estudios de Justicia de las Américas - Ceja, em Santiago do Chile; a gestora em Filantropia Vanda Monteiro Ribeiro; e a cientista social Marcia Moussallem.

 

Publicado em 01/10/2018