O novo caminho para o sucesso.

Serviços da Prefeitura no meio digital aumentam eficiência e reduzem gastos

Digitalizar serviços públicos é uma realidade no Brasil e São Paulo é uma cidade pioneira nessa frente. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT), digitalizou 64 serviços em 2019 e outros 13 até março deste ano.

Nos canais eletrônicos da plataforma SP156 – central telefônica, portal na internet e aplicativo para celular –, o cidadão dispõe de mais de 400 serviços que podem ser solicitados no meio digital. Entre os mais requisitados estão o Cartão de Estacionamento para Idoso, o Cartão de Estacionamento para Pessoa com Deficiência e a liberação de gratuidade mensal para o Bilhete Único de Estudante.

A Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão e Modernização em Serviços Públicos da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT), responsável por melhorias na Política de Atendimento, lidera o processo de digitalização, em constante parceria com outras pastas da administração municipal.

“Hoje, diante do cenário de crise causado pelo coronavírus, mais do que poupar tempo e recursos, ampliar a oferta de serviços digitais significa poupar vidas. O munícipe não precisa sair da sua casa para solicitar atendimento à Prefeitura”, explica o secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós.

O processo de digitalização é contínuo. Desde 2018 foram 114 serviços digitalizados, gerando economia de recursos de aproximadamente R$ 8,4 milhões para a população. A estimativa leva em conta a renda média de trabalho e o gasto com processos administrativos. As pessoas deixaram de gastar aproximadamente 392 mil horas.

A digitalização também representa economia para a Prefeitura: R$ 1,9 milhão e, em média mensal, 417 servidores liberados para outras atividades.

Clique aqui, acesse o portal e veja todos os serviços disponíveis.

 

Fonte: Prefeitura SP
Publicado em 13/04/2020