O novo caminho para o sucesso.

Reforma na previdência impulsiona a busca por previdência privada

Desde que o texto visando a alteração da previdência foi levado ao Congresso Nacional no dia 20 de fevereiro, levantamentos realizados pelo buscador de aplicações financeira, o Yubb registrou um salto de 14 vezes no volume de consultas sobre os planos privados.

Em fevereiro, foram 987 mil buscas pelo termo dentro da plataforma, ante 66 mil há 12 meses, uma evolução de 1,24% do porcentual passado de buscas sobre os produtos financeiros dentro do site para, agora, 14,36%.

Nas corretoras e gestoras de investimento, os executivos contam que, de fato, o número de consultas e contratações de planos cresceu nas últimas semanas. Para o superintendente de Previdência da Icatu Seguros, Henrique Diniz, há uma correlação clara entre o avanço da reforma da Previdência e a busca pelas alternativas complementares no mercado financeiro. “Quando a aposentadoria avança no governo, a procura cresce aqui. Ainda não fechamos as contas para dimensionar o tamanho desse aumento, mas há, sim, uma alta na procura e na consulta por novos produtos”, afirma o executivo.

Em busca de retornos que superem a Selic, os gestores estão lançando cada vez mais fundos compostos por uma cesta que também inclui renda variável, reproduzindo a já bem-sucedida estratégia de fundos de multimercado no mercado tradicional de investimentos.

Segundo dados de janeiro da Anbima, associação que congrega as empresas do setor, os planos de previdência de renda fixa ainda detêm 83% dos quase R$ 818 bilhões aportados na área. Contudo, no último ano, os fundos de previdência multimercado cresceram 42,7%, ante 8,4% dos de renda fixa.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo
Publicado em 20/03/2019