O novo caminho para o sucesso.

Demonstrativo de resultado é essencial para o bom funcionamento de franquias

Para o processo de abertura de uma franquia, o empreendedor deve se inteirar sobre o Demonstrativo de Resultado (DRE). Essa análise é uma das mais importantes na administração de um negócio e fundamental para o universo franchising.

O DRE permite observar progressos, tendências e pontos em que é necessária a precaução no setor financeiro da franquia. É possível comparar resultados planejados em orçamento, além de demonstrar tendências em evoluções positivas e, principalmente, caminhos negativos percorridos pela marca.

Os resultados devem ser apresentados em um formato padrão e analisados pelo gestor financeiro do negócio. Os dados são também complementados por percentuais calculados por meio da relação entre as contas totais e receitas de vendas, possibilitando análises de tendências da franquia, que podem ser dividas em dois modos:

 

·        Análise Vertical: neste tipo de análise, é verificado de forma individual como cada conta de custo e despesa impacta no resultado das vendas. Construída percentualmente ao longo dos meses, o gestor de finanças deve monitorar se os números permanecem estáveis de acordo com o planejamento.

 

·        Análise Horizontal: já a investigação horizontal é responsável por verificar o impacto das contas de custos e despesas, de forma proporcional ao aumento ou diminuição das receitas das vendas de uma franquia.

 

A lei brasileira exige que todas as empresas, com exceção das que operam como microempreendedores individuais (MEI), construam registros contábeis, incluindo a DRE. O preenchimento deste documento auxilia na compreensão de como cada gasto, seja fixo ou variável, influência nos resultados de uma franquia.

 

Fonte:  Guia Franquias de Sucesso
Publicado em 20/02/2019